Profissionais ensinam como usar a tecnologia a seu favor

Twitter
Compartilhe:

Houve um tempo, no fim do século 19, em que a melhor forma de vender jornal era passando a cavalo de porta em porta anunciando a plenos pulmões sobre a chegada da edição do dia. De lá para cá, muita coisa mudou. O que não mudou é o fato de que o empreendedor ainda quer estar onde seu público está e, graças ao desenvolvimento das tecnologias, hoje é muito mais fácil descobrir as melhores maneiras de divulgar e vender o seu negócio. Aos que têm dificuldade na hora de levar a presença de uma nova empresa para internet, especialistas dão dicas de como fazer para ter a tecnologia como boa aliada. Iniciativa mais do que necessária para prosperar em um ambiente onde o mercado está cada vez mais conectado.

Foi pensando na importância da presença online dos empresários que o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) firmou parceria com o Facebook no início deste ano. De acordo com a instituição, de cada três pequenas empresas no Brasil, uma tem página na rede social e, por este motivo, é necessário assimilar de forma adequada como usar o serviço em benefício dos objetivos da empresa.

Saiba mais: Empresas investem em embalagens criativas e sustentáveis

A solução veio no formato de um game, o “Empreenda com o Facebook”, lançado agora em setembro. Por meio do jogo, que ensina noções de marketing digital, os empresários aprendem soluções para comercializar seus produtos na rede e ainda podem ganhar estrelas, ou seja, premiações que mais tarde são trocadas por créditos para criar anúncios reais e promover o empreendimento no Facebook.

Iniciativa semelhante, o site Conecte Seu Negócio é fruto da parceria entre Google e o Sebrae. Em operação desde 2011, a plataforma reúne uma série de informações a respeito do uso de ferramentas online e mostra o caminho das pedras para o empresário assimilar o funcionamento de como criar anúncios no gigante de buscas, por exemplo.

Na opinião do gerente de Desenvolvimento e Inovação do Sebrae de São Paulo, Renato Fonseca de Andrade, a tecnologia serve como braço direito do empresário porque pode ajudar, de forma geral, a reduzir custos e melhorar os serviços. O que, lembra ele, nem sempre precisa estar relacionado à internet. “Se você instalar, em um restaurante de comida por quilo, uma catraca eletrônica, este é um procedimento que pode dar certo”, diz ele.

Outro hábito importante é acompanhar a evolução das tecnologias para não ficar atrás nos negócios, indica Andrade. “Uma tecnologia que vai entrar cada vez mais nas nossas vidas, agora, é o pagamento usando o celular”, diz ele. “Por isso, é importante o empresário estar sempre antenado nestas tendências. Mas, ao mesmo tempo, é preciso tomar cuidado para não investir em tecnologias que não são necessárias para o negócio.”

Ainda é interessante acompanhar cursos e programas de instituições de fomento ao empreendedor, como a Endeavor, que tem módulos de ensino à distância e uma rede que estimula o desenvolvimento de start ups. No Sebrae, também é possível encontrar cursos como o Internet para Pequenos Negócios, que tem o objetivo de apresentar ferramentas disponíveis na internet que atuam em prol do empreendedorismo.

Bom exemplo de projeto que tem dado resultados é o Primeiro E-commerce, lançado em 2013 em uma parceria do Sebrae com o Mercado Livre. O projeto representa uma boa alternativa para empresários tirarem do papel sua ideia de loja virtual, que, ao contrário de lojas físicas, não depende de investimentos pesados como o pagamento do aluguel de um espaço físico, por exemplo. Segundo a organização, mais de 3 mil lojas já foram criadas por meio do projeto no período de um ano.

Seja para desenvolver um site, melhorar a presença da empresa em redes sociais, aprender a criar anúncios no Google ou montar sua própria loja online, está claro que o uso da tecnologia está cada vez mais atrelado ao sucesso de novos negócios. Ao empreendedor, resta estar ligado às novidades tecnológicas que podem fazer sua empresa prosperar.